Como economizar em uma obra? Sabemos que a construção de uma casa ou qualquer tipo de empreendimento é um processo muito delicado. Exige muito cuidado. Sem a atenção necessária, vários problemas podem acontecer: gastos não planejados, retrabalhos e até riscos à segurança. Nesse sentido, uma das principais coisas que podem ajudar é a compatibilização de projetos. Separamos esse texto para te explicar melhor como ela pode te ajudar a economizar em uma obra e muito mais! Boa leitura.

Projeto compatibilizado
Um dos projetos feitos pela EMAS. Usamos as tecnologias mais modernas do mercado na compatibilização dos projetos

O que é compatibilização de projetos?

A compatibilização é uma forma de alinhar e conferir se todos os projetos necessários para a construção estão interligados. Ou, melhor: integrados corretamente.

Assim, é uma forma de interação entre diversos tipos de projetos da obra. Logo, seu objetivo é identificar as interferências que possam existir na etapa de execução. Dessa forma, há ajustes em cada projeto, o que evita o retrabalho, tempo e desperdício de material. Portanto, a frase-chave que resume a compatibilização é: evitar que diferentes projetos se atrapalhem dentro de uma mesma obra.

 

Quais projetos compõem uma obra?

 Existem alguns projetos que são considerados indispensáveis em uma construção (como já explicamos melhor nesse texto). São eles:

  • Arquitetônico: permite o melhor posicionamento dos cômodos, de acordo com o tipo de edificação e sua finalidade. Dessa forma, estabelece como será a ocupação do espaço e aproveita ao máximo a luz e a ventilação natural. É um dos projetos mais importantes.
  • Estrutural e Fundações: projetos em que calcula-se todas as cargas da estrutura e pontos de maior ou menor resistência. Em seguida, finalmente, se dimensiona e posiciona pilares, vigas, lajes e fundações
  • Hidrossanitário: esse projeto define todo o caminho das tubulações de água quente, água fria e sistema de esgoto. Previne infiltrações. Além disso, determina os diâmetros adequados para a tubulação e, ainda, evita que o mal cheiro proveniente do esgoto doméstico se espalhe.
  • Elétrico: determina todos os circuitos de carga elétrica e seus trajetos. Seu objetivo é garantir a comodidade dos moradores e, sobretudo, a segurança.
Exemplo de projeto arquitetônico elaborado pela EMAS Jr.
Um exemplo de projeto arquitetônico realizado pela EMAS Jr. Note como a luz natural e o espaço são aproveitados. Além disso, todos os projetos são compatibilizados, evitando problemas na hora da construção.

Problemas causados pelo planejamento inadequado da obra

Quando há um mau planejamento, desenvolve-se diversos problemas ao longo do processo de construção. Dentre eles:

1- Incompatibilidade de Projetos 

Quando se faz projetos com profissionais diferentes, pode acontecer de não “conversarem” entre si. Ou seja, serem incompatíveis. Por isso, problemas no momento da execução da obra podem ocorrer. Por exemplo: tubos que saem da parede, fios que podem causar problemas estruturais caso passem por vigas, pilares fora dos limites da parede, etc.

2- Gastos desnecessários e detalhamento inadequado do Projeto

Imagine-se em uma situação na qual sua casa já se encontra em fase avançada da construção. No entanto, descobrem que um tubo não pode passar por alguma determinada parede. Provavelmente, a disposição do projeto precisaria ser alterada, havendo necessidade, por exemplo, de dar a volta em outro cômodo já finalizado. 

Assim sendo, mais tempo e dinheiro seriam gastos em um retrabalho, aumentando o orçamento e o prazo final previstos para a construção.

Portanto, de modo a evitar essa situação, a compatibilização de projetos minimiza esses desafios, ajudando a economizar em uma obra e trazendo resultados muito mais precisos, tendo em vista que uma mesma empresa pensa e estrutura todos eles.

Como funciona a compatibilização de projetos

Em um modelo mais tradicional, esse processo é feito através da sobreposição de todas as plantas dos projetos. Isso é o suficiente para poder identificar possíveis erros.

No entanto, com o avanço da tecnologia e a importância da compatibilização, novas ferramentas chegaram ao mercado. Por exemplo, existem softwares como Navisworks, Solibri , etc., que auxiliam na compatibilização de projetos. Eles funcionam mostrando, em 3D, os projetos sobrepostos. Com isso, os problemas podem ser encontrados muito mais rapidamente. Dessa forma, previne-se que problemas com interferências atrasem as obras.

 

Compatibilização de Projetos, construção civil

Assim, a compatibilização se torna muito eficiente. Às vezes, a maior ferramenta de auxílio de engenheiros de campo. 

Para entender melhor como é feita a compatibilização e por que esse é um tema tão importante para a engenharia, recomendamos fortemente a leitura desse texto!

Desse modo, é clara a importância da aplicação desse conceito e o quanto ele deve ser valorizado para que a obra aconteça com a maior qualidade e eficiência possível. Ela é essencial para economizar em uma obra.

Nós da EMAS Jr. Consultoria, realizamos todos esses projetos, sempre prezando por entregar o melhor resultado para o cliente. Ficou interessado e quer saber mais sobre a Compatibilização de Projetos? Entre em contato conosco!