Ajuda com PGRSS – Como a EMAS Jr. pode te salvar?

/, Sem categoria/Ajuda com PGRSS – Como a EMAS Jr. pode te salvar?

Ajuda com PGRSS – Como a EMAS Jr. pode te salvar?

O Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde (PGRSS) constitui-se do estudo e manejo de resíduos de estabelecimentos de saúde. O PGRSS é importante pois aborda as diversas etapas de descarte de resíduos. Vai desde a geração até o destino final e tem o objetivo de deixá-las em conformidade com a lei. Ou seja, mantem a segurança de todos os trabalhadores envolvidos e, sempre que possível, minimizando a produção de resíduos.

Atualmente, o PGRSS é obrigatório para muitos estabelecimentos. Isso é, tanto como projeto único quanto como requisito para concessões de alvará de localização e funcionamento, de alvará sanitário e de licenças ambientais e urbanísticas.

Por que escolher a EMAS Jr. para elaborar seu PGRSS?

A Emas Jr. é uma empresa de Engenharia Civil e Ambiental. Ou seja, seus membros possuem a capacidade técnica necessária para realização do projeto. Além disso, tem apoio de consultores da área para elaborar o PGRSS. O fato de a empresa ter experiência com o projeto contribui para que o plano esteja perfeitamente compatível com as normas que o regem, independente das particularidades do estabelecimento.

Além disso, o comprometimento ambiental e social dos membros são diferenciais da Emas Jr. Isso garante que o plano de gerenciamento será feito da melhor maneira possível para o meio ambiente e para os funcionários do seu estabelecimento. Dessa forma são eliminados riscos de acidentes e contaminação.

O objetivo principal da empresa é auxiliar na regularização do estabelecimento. Assim, você tem a garantia de trabalhar em um ambiente em conformidade com a lei, além de receber seus clientes com a devida segurança.

Quais as etapas que envolvem o PGRSS na Emas Jr.?

  • A negociação

As primeiras fases na elaboração do Plano de Gerenciamento da Emas Jr. são relacionadas à negociação. Primeiramente é realizada uma visita de reconhecimento do local pela equipe comercial especializada. Essa visita tem o objetivo de determinar as necessidades do estabelecimento, baseado em seu tipo e tamanho.

Em seguida há a elaboração da proposta que melhor atender à sua realidade e à do projeto. Seguido pelo fechamento do contrato, assinado pelo responsável designado pelo estabelecimento, por diretores da Emas Jr. e por testemunhas.

  • A visita técnica

A equipe que realizará o projeto efetua uma visita técnica para determinar a gravimetria, identificando cada tipo de resíduo e a quantidade gerada de cada um. Além disso, observa-se o estabelecimento e a disposição geral dos cômodos, a fim de elaborar a rota de coleta mais eficiente para o local.

  • A elaboração do PGRSS

Tendo como base as informações coletadas na visita é possível dar início à elaboração do PGRSS pela Emas Jr. Inicia-se realizando um diagnóstico da situação atual do empreendimento, caracterizando e quantificando os resíduos gerados e as atividades realizadas.

Em seguida, é possível identificar as mudanças necessárias para que o estabelecimento possa segregar e acondicionar os resíduos de maneira correta. Já a próxima etapa envolve determinar o fluxo de coleta e transporte interno. Isso visto que devem atender a um roteiro previamente definido, em horários diferentes e em recipientes específicos para cada grupo de resíduos. Prevê-se, ainda, quais equipamentos de proteção individual (EPIs) os funcionários responsáveis pela coleta deverão utilizar. Esse procedimento visa garantir sua segurança e eficiência.

O local

Deve-se determinar um local para o armazenamento final dos resíduos, pós coleta, sendo estimadas as mudanças físicas necessárias conforme normas técnicas. Além disso, lista-se as todas as empresas envolvidas no processo de coleta externa, transporte e destinação final dos resíduos. Se o estabelecimento já possuir contrato com tais empresas especializadas, é necessário obter as licenças ambientais destas. No entanto, caso não haja empresa coletora contratada, a Emas Jr. realiza orçamentos das empresas disponíveis no mercado, sendo que o cliente decide qual a melhor para sua situação.

São elaborados, ainda, anexos com as simbologias que deverão ser aplicadas nas lixeiras e no local de armazenamento. Além de declarações e documentos extras que são necessários. Mais do que isso, é elaborado um cronograma de implantação, se for o caso. Esse cronograma inclui a capacitação dos funcionários, compra dos EPIs, lixeiras e contenedores. E também a identificação com as simbologias fornecidas e adaptações físicas necessárias ao local de armazenamento.

  • A protocolização do PGRSS

O PGRSS é um documento padrão da Prefeitura, do qual a Emas Jr. realiza a protocolização no órgão competente ao fim do projeto.

A empresa também pode ser contratada para realizar o requerimento da Autorização de Alvará Sanitário do estabelecimento. Essa documentação depende, além de outros documentos, do protocolo do PGRSS.

O sucesso de seu PGRSS

Diante de todas as etapas necessárias para a elaboração do PGRSS, é imprescindível que haja a contratação de profissionais adequados para a realização do projeto. Essa atitude evita futuros problemas.

O compromisso da Emas Jr. com está aliado com a nossa missão. “Despertar a consciência socioambiental e formar profissionais com potencial realizador” permite que o PGRSS elaborado pelos membros traga eficiência e segurança ao seu estabelecimento.

E aí, que tal entrar em contato e realizar um orçamento conosco para garantir o sucesso do seu PGRSS?

By | 2018-06-17T20:01:52+00:00 14 de junho, 2018|PGRSS, Sem categoria|0 Comentários

About the Author:

Deixe seu comentário