//2017 | Desafio cumprido: a retrospectiva de um ano maravilhoso

2017 | Desafio cumprido: a retrospectiva de um ano maravilhoso

A palavra “mudança” guiou o clima da EMAS no fim de 2016: tínhamos acabado de viver um momento intenso na corrida pelo alcance das metas de Alto Crescimento no fim do ano. Para isso, iniciamos os nossos mutirões de projetos e treinamentos de negociação; começamos nossa guerra contra a burocracia e iniciamos discussões sobre enxugar o organograma.

2017

Iniciamos o ano de 2017 com duas metas: uma delas era a “Rumo Ao Milhão”, que representava nossa vontade de chegar a um milhão de pontos na régua dos clusters. A meta seguinte era a “Sonho Cluster 4”, que representava nosso sonho de alcançar uma maturidade maior tanto interna quanto externamente. Em 2017, a EMAS como um todo viveu um período de reviravoltas.

Contagem regressiva Cluster 4

Momento em que faltavam apenas três projetos para a meta Cluster 4 ser batida.

O que nos fez crescer?

Podemos citar ações na empresa que contribuíram para os nossos resultados: realização de mais projetos de Engenharia Ambiental (PEA, PGRS, PGRSS, Licenciamento Ambiental etc.), orientação para resultados, maturidade em vendas e marketing, processos seletivos voltados para a execução de projetos, gestão mais enxuta, otimização na realização de projetos, avaliação estratégica de indicadores, entre outras.

Além disso, ficamos mais próximos do Movimento Empresa Júnior, participando ativamente dos eventos do Núcleo UFMG e de programas de desenvolvimento da Federação de Empresas Juniores do Estado de Minas Gerais (FEJEMG) em ambos os semestres do ano. Participamos, ainda, ativamente do processo de criação da nova instância municipal de empresas juniores de Belo Horizonte, a Beagá Júnior.

EMAS na Reunião Regional

EMAS marcando presença na primeira Reunião Regional do MEJ.

No que tange à cultura organizacional, gostamos de definir a cultura da EMAS da seguinte maneira:

  • Orgânica: acontece muito naturalmente, motivada pela liderança; não precisamos reafirmar a cultura constantemente porque ela já se autoafirma.
  • Forte: quem não faz parte do time reconhece muito claramente.
  • Leve: os membros se sentem feliz onde trabalham e têm postura de dono.

E o que alcançamos?

Trabalhando o fortalecimento de cultura durante o ano, com imersões e ritos internos, alcançamos nossos resultados com êxito. Tivemos um aumento de 126% no número de projetos e de 170% no faturamento anual, se comparado com o ano de 2016. Com estes resultados, atingimos a meta de empresa júnior de Alto Crescimento e, por fim, alcançamos a nossa meta “sonho” de nos tornar uma empresa júnior de cluster 4.

2017 foi um ano grande e 2018 conta com uma equipe extremamente capacitada, com vontade de entregar um trabalho cada vez melhor para os nossos clientes e stakeholders e com a certeza de que a EMAS irá alçar voos ainda mais altos!

Confira abaixo alguns dos momentos mais marcantes do ano em fotos:

Troca de Gestão 2017.1 - 2017.2

Troca de Gestão 2017.1 – 2017.2

EMAS na Reunião Presencial em São João del Rei

EMAS na Reunião Presencial em São João del Rei

 

Comemoração pelo alcance da meta de Alto Crescimento

Comemoração pelo alcance da meta de Alto Crescimento

 

EMAS em sua Imersão

EMAS em sua Imersão

Festa com temática Deuses da Grécia, ainda na Imersão

Festa com temática Deuses da Grécia, ainda na Imersão

Comemoração Cluster 4 com a PJ

Comemoração Cluster 4 com a PJ

Arrecadação de Alimentos pelo Núcleo RSE

Arrecadação de Alimentos pelo Núcleo RSE

Encontro promovido pelo Núcleo MEJ

Encontro promovido pelo Núcleo MEJ

Troca de gestão 2017.2 - 2018.1

Troca de gestão 2017.2 – 2018.1

By | 2018-05-30T15:46:28+00:00 1 de fevereiro, 2018|MEJ|0 Comentários

About the Author:

Mariana Henriques

Deixe seu comentário