Início/Dicas/Planejamento: Entenda como evitar atrasos na sua obra

Planejamento: Entenda como evitar atrasos na sua obra

Desenvolver construções desde o seu início ou até mesmo realizar reformas requer muito cuidado e atenção. Apesar disso, alguns ainda acreditam se tratar de algo simples e fácil de ser feito, achando que basta ter mão de obra e tudo dará certo. Nesse contexto, surgem vários problemas que, juntos, causam atrasos e podem aumentar ainda mais os custos até então calculados.

Planejamento

Crédito: Ottoassistente

 

Diante disso, é importante identificar os motivos desses problemas surgirem e como podem ser evitados. Assim, aquele que mais se destaca é a falta de planejamento, desde a concepção de ideias até a entrega da obra. Por meio dele, é possível prever situações de risco e buscar soluções rápidas e menos custosas. Para facilitar, uma alternativa é separar o planejamento em áreas diferentes, como planejamento técnico, planejamento financeiro, planejamento jurídico e planejamento temporal.

Planejamento técnico

Planejamento técnico

Créditos: Freepik

O planejamento técnico engloba basicamente tudo o que diz respeito a parte material de concepção das ideias. Nele estão incluindo todos os projetos básicos para uma construção, como arquitetônico, estrutural e hidrossanitário. Por meio deles, diminui-se a chance de haver problemas técnicos durante a execução, já que antes de iniciar o processo de construção eles devem ser compatibilizados. Entenda mais como o hidrossanitário, por exemplo, pode evitar problemas no seu sistema hidráulico neste outro texto.

 

 

Planejamento financeiro

Créditos: Freepik

Planejamento financeiro

Em relação ao planejamento financeiro, os projetos que já foram citados são também fundamentais para os cálculos de gastos, desde mão de obra até a quantidade de materiais necessários, de forma que não haja falta e desperdício. Através de uma boa organização financeira pode-se evitar gastos excessivos e inesperados que possam causar a paralisação das atividades por tempo indeterminado.

Planejamento jurídico

Atrelado ao financeiro, tem-se o planejamento jurídico, sendo que ele tem como base a regularização da obra junto ao órgão responsável, com a apresentação do projeto legal, para emitir então o alvará de construção. Dessa forma, atentar-se aos deveres jurídicos é importante para não ser autuado, o que pode gerar prejuízos financeiros, além de impedir que casos extremos ocorram, como o caso de um possível embargo da obra.

Planejamento jurídico

Créditos: Freepik

Planejamento temporal

Já o planejamento temporal diz respeito as datas de cada etapa importante da concepção material da construção, sendo importante destacar que é interessante levar em consideração os períodos de chuvas, visto que isso pode afetar diretamente no decorrer da materialização. Assim, se atentar às datas organizadas de antemão pode facilitar atingir o prazo previsto.

Planejamento temporal

Crédito: Freepik

Outros fatores

Além dos devidos planejamentos, existem outros motivos que podem atrapalhar o andamento de uma obra, já que essa é composta por vários processos que não dependem apenas de uma pessoa, mas de vários fornecedores, consultores e trabalhadores. Por isso além de organizar previamente como as etapas serão realizadas, é importante também alinhar todos os interesses envolvidos a fim de otimizar cada vez mais a atuação de cada um no desenvolvimento dos projetos.

Diante de tudo o que foi dito até aqui, vimos que é possível sim diminuir ou até mesmo evitar atrasos em construções. As alternativas e soluções nada mais são do que um pensamento mais estratégico em relação a todas as etapas. Caso tenha interesse em entender mais sobre, entre em contato conosco! Ficaremos felizes em ajudar!

By | 2018-04-10T18:11:57+00:00 Janeiro 28th, 2018|Dicas|0 Comentários

About the Author:

Vinicius Batista

Deixe seu comentário