Início/Dicas, Empreendedorismo/Melhore o Rendimento de sua Empresa com a Metodologia dos 5S

Melhore o Rendimento de sua Empresa com a Metodologia dos 5S

Uma empresa de sucesso tem seu maior bem em seus funcionários e o bem-estar deles, já que são eles quem fazem a empresa crescer cada vez mais. Por essa razão, todo empresário deve se atentar em garantir que este conforto aconteça, e uma das formas para tal consiste na metodologia 5S.

Aplicar o método, porém, exige uma mudança de hábito, o que pode gerar resistência e fazer com que o processo não aconteça de um dia para o outro. Portanto, se você almeja abrir uma empresa ou está no caminho para isso, não deixe de conhecer a metodologia e considerar implantá-la logo no início de seu negócio. Os resultados com certeza agregarão muito ao desempenho do seu empreendimento.

Créditos: Freepik

Crédito: Freepik

Origem

A metodologia 5S surgiu a partir do pensamento Lean. Esse termo surgiu para descrever uma forma de gestão que foca em evitar desperdícios e em resolver problemas de forma sistemática. As bases desse pensamento são: propósitos claramente definidos e criação de valores para os clientes.

Para a implantação de mudanças, deve-se pensar nos mecanismos gerenciais que precisam ser criados ou modificados e no comportamento das lideranças, que deve ser sempre condizente com as novas premissas. Essas mudanças abrem espaço para o desenvolvimento de novas habilidades e novos conhecimentos às pessoas envolvidas.

Seguindo o pensamento Lean, há uma ferramenta chamada de 5S, que busca desenvolver a cultura da disciplina, identificar problemas e gerar oportunidades para melhorias dentro da empresa.

Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

Os 5 “s” são palavras japonesas que foram traduzidas livremente, da seguinte forma:

Seiri – Senso de Utilização

Seiton – Senso de Organização

Seiso – Senso de Limpeza

Seiketsu – Senso de Padronização

Shitsuke – Senso de Disciplina

Estes 5 sensos foram criados para melhorar a produtividade, o clima organizacional e, consequentemente, a motivação dos funcionários, cada um realizando um papel complementar ao do outro.

 

  • Senso de Utilização

O senso de utilização está relacionado aos bens materiais da empresa. Nesta etapa, há uma avaliação da importância dos recursos disponíveis para o funcionamento do empreendimento.

Aquilo que é considerado dispensável, deve ser descartado ou realocado. As melhorias da implantação desse senso são rapidamente percebidos por meio do ganho de espaço, da facilidade de limpeza e manutenção e redução de custos, por exemplo.

Créditos: Freepik

Crédito: Freepik

  • Senso de Organização

Este senso vem da necessidade de organizar os objetos no espaço para otimizar o trabalho. Para guardar os objetos, deve-se analisar a frequência de utilização do objeto: se for mais frequente, ele deve ficar em um local mais acessível.

 

  • Senso de Limpeza

A limpeza pode ultrapassar a noção de simplesmente eliminar a sujeira do ambiente e ser estendida aos relacionamentos interpessoais no ambiente de trabalho, aplicando o significado de limpeza como transparência, franqueza e respeito.

As vantagens desse senso são: a criação de um ambiente saudável e agradável, melhor conservação dos recursos e melhoria nos relacionamentos.

 

  • Senso de Padronização

Busca manter todas as etapas já conquistadas, usando padrões de cores, formas ou o que for mais adequado para a realidade da empresa e também por meio da identificação de pontos de oportunidade de melhoria.

Nessa etapa, ocorre também a criação de normas para que todos as sigam. Os principais resultados da aplicação da padronização podem ser percebidos na facilidade de localização dos objetos e em melhorias das áreas comuns e nas condições de segurança.

 

  • Senso de Disciplina

O último senso é a internalização dos demais por todos funcionários. Nessa etapa fica claro que o 5S não deve ser entendido como um dever, mas sim como uma cultura da empresa, potencializando os resultados.

Idealmente, a metodologia não precisa de fiscalização justamente porque a importância dessa metodologia é clara para todos ali e agem de acordo com seus princípios.

Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

 

A ordem com que esses sensos foram propostos não é aleatória: o senso de utilização nos ajuda a ter menos coisas, ou seja, ter no ambiente somente aquilo que é necessário. O segundo senso discute a necessidade de organizar esses objetos no espaço disponível. O senso de limpeza melhora a qualidade do tempo que as pessoas passam ali.

A padronização ajuda na produtividade, pois ninguém perderá tempo procurando algo, enquanto poderia estar trabalhando. O último senso é, talvez, o mais importante, já que representa que o programa como um todo deve ser uma cultura da empresa e dos seus funcionários.

 

Implantação

A implantação do modelo  5S na empresa pode ser um processo difícil, pois ele força mudanças no comportamento e na mentalidade das pessoas, o que é algo difícil de se mudar.

Portanto, é preciso criar um clima inicial propicio para ela e dar apoio para aqueles que não se sentem confortáveis ainda com o processo, já que o 5S exige que todos estejam em sintonia e buscando um mesmo propósito.

Algumas táticas que podem ser adotadas para facilitar a implantação do 5S são:

 

  • Levantar questionamentos sobre a qualidade do tempo que os funcionários passam na empresa

Perguntas que incitam o pensamento crítico acerca do ambiente de trabalho são interessantes para que os funcionários vejam valor naquilo que está sendo proposto. Alguns exemplos são:

“Quanto tempo por dia você gasta procurando/buscando os objetos? ”

“Você já sentiu que alguma vez o ambiente de trabalho prejudicou a sua saúde física ou mental? ”

“Como você avalia sua relação com os colegas de trabalho? ”

 

Dúvida

Crédito: Freepik

 

  • Mostrar que o modelo trará benefícios a todos

Depois de propor questionamentos, é interessante mostrar os benefícios do 5S, demonstrando que essa metodologia é capaz de solucionar os problemas encontrados.

 

  • Criação de um plano, com atividades e metas, para ser cumprido ao longo da implantação do 5S.

A adoção do 5S em um ambiente de trabalho não deve ser repentina, visando maior aceitação por parte dos funcionários. Atividades com prazo e metas podem ser um fator de motivação para quem deve cumpri-las.

 

  • Avaliação dos ambientes para ver se o que foi proposto está sendo cumprido

Para garantir que o 5S esteja sendo aplicado, pode ser criada uma comissão, que criará um sistema de pontuação e auditar as regras previamente combinadas. As auditorias não devem ser meramente punitivas, mas sim fazer um diagnóstico das razões da desorganização.

Créditos: Freepik

Crédito: Freepik

 

O 5S deve sempre ser entendido como uma ferramenta para atender outros fins da empresa: o bem-estar dos funcionários, o crescimento do negócio e a satisfação dos clientes. As bases foram apresentadas rapidamente nesse texto, mas é interessante sempre pensar na realidade de cada empresa. Só assim será possível atingir os objetivos do programa de forma satisfatória.

Finalmente, contemplados todos os sensos, as melhorias são evidentes e o desempenho e o rendimento dos trabalhadores, unidade básica de todo e qualquer empreendimento, são potencializados em amplas dimensões.

 

Quer saber mais sobre Metodologia 5S? Entre em contato conosco! Ficaremos felizes em lhe ajudar!

By | 2017-11-10T15:34:03+00:00 outubro 8th, 2017|Dicas, Empreendedorismo|0 Comentários

About the Author:

Laryssa Freitas

Deixe seu comentário