Início/Projetos/Laudo técnico: confira 7 motivos que o tornam indispensável para seu imóvel

Laudo técnico: confira 7 motivos que o tornam indispensável para seu imóvel

Você já notou algo de diferente no seu imóvel e ficou na dúvida se seria um problema mais sério? Ou não teve certeza sobre a viabilidade de uma reforma? Muitas vezes, um laudo técnico conclusivo feito após análise do perito não apenas é necessário como pode também ser muito vantajoso. Confira a seguir 7 motivos para investir neste projeto:

 

1) Segurança

Diante de sintomas como manchas e bolhas na tintura, fissuras que podem evoluir para rachaduras, piso estufado, entre outras irregularidades que indicam alguma patologia na edificação, é essencial que seja realizado um laudo técnico.

Somente esse documento pode constatar a seguridade da construção. É a garantia de que as pessoas que residem ou trabalham ali, ou até mesmo em suas proximidades, não têm suas vidas colocadas em risco.

Caso o perito constate que a estrutura não oferece segurança, o laudo técnico reportará a necessidade de obras, adequações e, em casos mais graves, a interdição do imóvel.

Crédito: http://econ.adm.br/site/4/

Crédito: http://econ.adm.br/site/4/

2) Vida útil da edificação

A realização do laudo técnico tem poder de prolongar a vida útil do imóvel. Sendo o perito capaz de identificar a origem de problemas existentes e prever possíveis problemas futuros, ele irá propor a melhor resolução cabível, evitando também que a patologia retorne ou que eventualmente venha a aparecer. Estas medidas evitam o desgaste da edificação e garantem uma menor frequência na necessidade de manutenções.

 

3) Economia

Todo mundo conhece a história de alguém que gastou muito dinheiro em obras extremamente longas em função de “surpresas” descobertas posteriormente, sejam elas banheiros quebrados, valas infinitas, reparos que não são suficientes para evitar o retorno do problema, entre outros.

Saber sobre a patologia e sua origem exata não somente facilita a realização de orçamentos certeiros, como também auxilia em um melhor planejamento de obra e minimiza os gastos inesperados, gerando economia de tempo e dinheiro.

 

4) Verificar viabilidade de obra ou reforma

Muitas vezes desejamos realizar uma reforma e não temos certeza sobre sua viabilidade. O perito pode assegurar que seja possível construir mais um andar no imóvel sem que sua estrutura seja comprometida, que seja possível retirar uma parede para aumentar um cômodo ou construir mais um banheiro, etc.

O laudo técnico em situações de obra ou reforma oferece a segurança de que as modificações não sejam prejudiciais à construção e seu bom funcionamento. Isso também gera economia e evita futuras dores de cabeça.

Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

5) Responsabilização judicial

A confecção de um documento realizada por profissional capacitado facilita a culpabilização dos responsáveis pela patologia. Se foi falha da construtora, de um antigo morador, ou de vizinhos e obras nas proximidades, é possível acionar judicialmente o responsável para que ele responda pelo erro e arque com as reformas e adaptações necessárias.

 

6) Quanto antes, melhor

Uma pequena alteração na construção que não seja estudada e corrigida logo no princípio pode evoluir para algo mais sério e com reparo mais dispendioso, como fissuras, que logo tornam-se rachaduras.

A precoce detecção das patologias evita que a vida das pessoas seja colocada em risco e faz com que as correções sejam mais simples e econômicas.

 

7) Investimento

De forma geral, o que todos os itens anteriores destacam é o fato do investimento em um laudo técnico significar um investimento na segurança de pessoas e no bom funcionamento do seu imóvel. O que poderia parecer somente mais um gasto com um documento precedente à reforma, pode resultar em economia e benefícios maximizados.

 

Se quiser saber mais sobre laudos técnicos, confira nosso e-book. Será um prazer esclarecer suas dúvidas!

By | 2017-11-10T15:43:41+00:00 agosto 6th, 2017|Projetos|0 Comentários

About the Author:

Maria Ligia Moreira

Deixe seu comentário